Palestra orienta sobre “Pé Diabético”

A Diabetes, é uma doença crônica causada pela falta de produção ou má absorção de insulina e que tem como característica taxas anormais de açúcar no sangue. Como consequência, a pessoa com diabetes pode apresentar, além de problemas de visão e baixa imunidade, perda da sensibilidade nos membros inferiores e dificuldades na cicatrização de ferimentos. Com o objetivo de acompanhar e orientar preventivamente os portadores da doença, a secretaria de Saúde de Anchieta promove encontros mensais com o grupo dos diabéticos nos quais são abordados temas relacionados à doença, sempre com palestrantes da área da saúde.

No último dia 28, o assunto abordado foi o “Pé Diabético” com a enfermeira Vanessa Viana. A enfermeira explicou que, com a perda de sensibilidade, é comum que as pessoas com diabetes não percebam pequenos ferimentos nos pés que, aliados a dificuldade na cicatrização, acabam aumentando e infectando transformando-se, em casos extremos, em feridas tão extensas que comprometem o membro a ponto de levar a amputação. Para prevenir tais complicações, a profissional explicou que diabético deve dedicar atenção especial aos pés, observando diariamente a pele entre os dedos, a sola, o calcanhar e a parte lateral dos pés. Usar sempre calçados confortáveis e meias de algodão, que permitem a transpiração e evitar a utilização de escovas duras ou lixas na higiene dos pés também são atitudes muito importantes. Outra alteração provocada pela diabetes é a desidratação da pele que causa rachaduras e lesões que podem se transformar em feridas. Para combater este quadro, deve-se utilizar produtos hidratantes com o cuidado de não aplicá-los entre os dedos. “O hidratante pode deixar a região úmida e provocar o aparecimento de frieiras, rachaduras entre os dedos e sangramentos”, orienta Vanessa. A secretária de Saúde, Roseli Canci Sagaz, que também participou do encontro, lembrou a importância das ações preventivas, da alimentação saudável e atividade física no combate à doença. Roseli informou também que a secretaria fornece gratuitamente aparelhos de dosagem de glicose aos usuários de insulina e aos pacientes que apresentam grandes oscilações nos níveis de glicemia. Pelos dados da secretaria de Saúde, em Anchieta existem aproximadamente 200 pessoas com Diabetes, na sua maioria portadoras do tipo II da doença, menos grave e mais frequente em adultos e idosos.

Este edital possui conteúdo protegido pela LGPD, para obter acesso abra uma requisição aqui